quinta-feira, 17 de novembro de 2016

#DiaDeFilme: Simplesmente Acontece

Oi, gente! Vocês já viram o filme "Simplesmente Acontece" (Love, Rosie)? Confesso pra vocês que não sabia que o filme tinha sido baseado na obra de mesmo nome da escritora Cecília Ahern (a mesma autora de P.S. Eu te amo!).

Me surpreendi de uma forma positiva com o longa, estava esperando um final clichê típico daquelas histórias de que o amigo se apaixonada pela amiga e vice-versa, mas não. Não é nada disso! Quer dizer, até é, mas não de uma maneira forçada e/ou comum.

O filme conta a história de Rosiee Alex, melhores amigos desde a infância. Quando chega a hora de saírem da casa dos pais em Londres, para as respectivas faculdades que escolheram, Rosie tem uma notícia que muda a sua vida pra sempre, o que acaba afastando ela e Alex quando Rosie decide não se mudar para perto de seu amigo. Os namoros superficiais de Alex e a distância tornam a relação de amizade dos dois cada vez mais abalada, o que acaba camuflando os sentimentos que nutrem um pelo outro.

Há várias indas e vindas no enredo, nada muito romantizado demais ou fora da realidade demais, e é isso, a meu ver, que torna o filme real e gostoso de se ver. Apesar do romance, o longa tem um ar engraçado que o torna, para quem está assistindo-o, leve.

Vale muito a pena ver! Não sei se ele é fiel à obra literária, mas gostei bastante e tentarei ler o livro em breve. Alguém já leu? O que achou? Conta aqui pra gente!


















Você merece alguém que a ame a cada batida de seu coração, alguém que pense a seu respeito a cada instante, alguém que passe cada minuto do dia apenas se perguntando o que você está fazendo, onde está, com quem está e se está bem. Precisa de alguém que possa ajudá-la a alcançar seus sonhos e protegê-la de seus medos. Alguém que vá tratá-la com respeito, que ame cada lado seu, especialmente suas falhas. Você deveria estar com alguém que possa fazê-la feliz, realmente feliz, flutuando de felicidade.

2 comentários:

  1. Oie, tudo bem? Eu amei esse filme, apesar de ser muito triste e eu ter chorado muito!

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem?
    Nossa, esse filme é um amorzinho. Concordo com você; é um filme leve e tem alguns momentos muito engraçados. Gosto de ver esses encontros e desencontros deles, mostrando que a vida nem sempre é linear. Além disso, é legal ver os personagens errando, mas depois amadurecendo.
    Também não li o livro ainda, mas pretendo fazer isso em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir